Isaac e Abel

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Third Birthday tickers

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Atchim! Epá isso tá mau!

Porque?
Irrita-me solenemente quando uma pessoa espirra, mesmo que seja duas ou três vezes seguidas, e está logo alguém a dizer "Epá isso tá mau!", mas está mau porquê? Porque espirrei? Então e se eu arrotar estou com problemas no estômago? Espirrar é algo normal, natural e ÚTIL para o nosso organismo, não tem que significar doença, porque é que começam logo a desejar coisas más para a minha vida? É a mania que as pessoas têm de pensarem sempre o pior, até nas coisas mais banais, o facto de dizer: " isso tá mau" significa uma coisa muito mais séria que uma simples constipação ou gripe, talvez uma doença que envolva ficar de baixa e impossibilite de fazer a vida normal. Bolas, mas é preciso tanto?!
Eu e os meus espirros somos saudáveis, por isso mesmo que esteja constipada e alguém me disser essa fatídica frase, eu vou-me conter para não estrangular essa pessoa e vou sempre dizer: "Não, isto não é nada" cada um que fique para si com aquilo que quiser, e eu, coisas más não quero de certeza.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Caminhar sozinha

Ontem fui até casa, de noite, a pé, sozinha.
Gostei.
Não havia ninguém na rua e estava muito frio.
Caminhar sozinha na rua, principalmente à noite, traz-me saudades. Saudades porque agora raramente estou sozinha, e saudades da altura em que quando isto acontecia eu ia para o conforto da casa da minha mãe.
Agora eu sou a mãe, e vou para a minha casa. Ter com o meu marido e o meu filho. É bom, mas não é a mesma coisa. Não me arrependo nem estou triste com a vida que tenho, mas agora percebo que tudo na vida tem um preço, e o preço da nossa liberdade, é deixarmos de ser livres. A liberdade de sair da alçada dos pais para fazer o que quisermos com a nossa vida e com a nossa casa, tem o preço de ficarmos "presos" à nova vida que criámos.
Ai, o ser humano é um eterno insatisfeito.